Talento japonês encerra SEMIBREVE

Se a música electrónica fosse futebol Ryoichi Kurokawa estaria certamente na Liga dos Campeões. Mesmo para quem não conhece profundamente esta sub-cultura, é perceptível que o japonês joga noutra divisão e deixa a concorrência a anos-luz com a sua performance. Escoltado por dois video-walls gigantes, Ryoichi trouxe ao Theatro Circo “syn_”, uma experiência sensorial cuja intensidade ficará certamente como um dos momentos mais marcantes e memoráveis de todo o SEMIBREVE deste ano.

Num varrimento exploratório das diversas frequências que compõe o som, o nipónico hipnotizou a audiência com explosões graves de fractais de luz alternadas com linhas agudas que se pulverizavam, silenciando a sequência audiovisual para uma e outra vez voltar à carga sempre com uma abordagem inovadora. Um dos grandes trunfos do japonês é a perfeita simbiose entre audio e video, como se as imagens fossem uma extensão natural do que estamos a ouvir.semibreve_ryoichi

Deste intenso espectáculo de apenas 45 minutos (e onde não foi permitido captar imagens) é notório um árduo e longo trabalho anterior para que a sinestesia que Ryoichi tem como objectivo se torne numa realidade para o público. Os sentidos cruzam-se e a percepção sensorial do público é erguida a um nível só possível pelo rigor e dedicação que Ryoichi aplica a cada projecto. Desde a captação de sons, à sua transformação digital, até à sincronização dos mesmos com imagens geradas por software, o artista afirma que, apesar de toda a tecnologia que envolve o seu trabalho, ela não passa duma ferramenta para vincular não uma mensagem, mas uma experiência sensorial.  O objectivo foi conseguido e à saída muitos classificavam este como o melhor concerto do SEMIBREVE.

Num registo bem mais leve e colorido, coube aos Plaid o encerramento do Festival no Theatro Circo. Aqui fica uma pequena amostra:

O SEMIBREVE 2014 chega ao fim consolidando a sua precoce maturidade, sendo já um festival que a cada ano se afirma como um ponto de paragem obrigatório para os amantes da electrónica.


Be first to comment