RUM. No ar há 27 anos

A paixão por algo é uma equação que poucos conseguem explicar. É difícil escrever e descrever. Não existe a fórmula perfeita de a viver, mas a vontade é tanta que essa paixão consegue ultrapassar o cansaço, os erros, uma paixão que  eleva os certos e os verdadeiros. A RUM é a paixão de tantos. É a companhia de muitos. A rádio que diariamente oferece o melhor de si está de parabéns. Um caminho construído ao longo de 27 anos. Histórias. Conquistas . Incertezas que terminam  num arregaçar de mangas constante. Uma vontade abençoada.

Estava escrito nas frequências que o destino da RUM seria bonito. Escutado por milhares diariamente. Vozes que aconchegam e informam. Não é essa a verdadeira razão para a sua existência?
A tal frequência que nos acompanha. As tais vozes que sempre nos esperam e que esperamos. A tal música que passa e que nos faz sorrir.

Chama-se RUM. É grande. Tem 27 anos, e não é filha de um sonho pequeno. Não importa se não é a melhor do mundo, quando tem dentro os melhores do mundo. Que nunca se calem as vozes carregadas  de palavras que diariamente nos aconchegam.

daniel

Daniel Silva

“A RUM é uma segunda casa para mim. Uma escola onde se aprende todos os dias. Isto porque a RUM é feita de pessoas que sabem valorizar a importância deste espaço de liberdade. Subimos a um patamar que nos coloca cada vez mais responsabilidades, mas com a ambição, irreverência e ousadia subimos as escadas uma a uma. Queremos continuar a crescer. Com a informação, com a música, com a programação, as palavras e a cumplicidade de quem está por perto. Porque sabemos que a RUM é tudo aquilo que os nossos ouvintes queiram que seja!”

elsa moura

Elsa Moura

“A RUM é a verdadeira rádio de Braga e do Minho. A alternativa musical para os jovens deste território, a rádio que dá música e que informa a população de tudo o que se passa na região, sobretudo no quadrilátero urbano. Começou a ser feita a pensar apenas nos jovens universitários, mas já passou a ser a companhia de jovens e menos jovens, nas viagens e no trabalho. É uma rádio completa. Para mim, a RUM é quase tudo. É a minha primeira casa enquanto profissional e tem-me dado muito. Diariamente, ajuda-me a crescer profissionalmente e concede-me todos os dias, de há quase seis anos a esta parte, a honra de fazer o que gosto e de o fazer em LIBERDADE.”

O que dizer da rádio da nossa vida? São 27 anos de RUM, 25 dos quais tenho o prazer de colaborar. É difícil explicar

Elisabete Apresentação

Elisabete Apresentação

a paixão da rádio, o bichinho da rádio. Com muitos altos e baixos, bons e maus momentos (mais bons, claro), são 27 anos de dedicação total aos ouvintes. Uma rádio que tenta todos os dias ser a melhor rádio do mundo, ser um projecto diferente, uma rádio que chega a todas as idades, com uma programação musical diversificada mas ao mesmo tempo diferente das outras. Uma rádio com informação de tudo o que se passa no Minho e não só. É uma rádio feita de pessoas dedicadas e que faz com que sejamos cada vez mais uma rádio de eleição. É a minha rádio!

sergio

Sérgio Xavier

“A  RUM é uma companhia regular de muitos anos. Comecei como ouvinte, do lado de lá, a ouvir as vozes e a imaginar as caras. Pedro Portela, Ricardo Ramalhete, Paulo Ogando, Artur Rodrigues ou o José Carlos Santos, foram alguns dos amigos sem rosto que contribuiram de forma indelével para a minha educação musical e para tornar bem mais exigente um gosto inato.

Mais tarde, já do lado de cá, tento manter o legado já histórico da RUM. Numa nova era e com novos desafios, sou da opinião de que o papel da Rádio enquanto meio de divulgação e de formação musical ganhou uma importância acrescida. É isso que tentamos manter na RUM, com a diversidade e a pluralidade que sempre nos caracterizaram. A RUM é, acima de tudo, um espaço de liberdade e é também isso que é motivo de celebração. Longa vida à RUM!”


Be first to comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.