Rita sonha , a obra nasce….

Há tanta doçura no olhar e nos gestos da Rita, está sempre presente em cada passo e cada objectivo que traça. Vamos reparando nos resultados, dia após dia usa as mãos para plantar a liberdade e a felicidade num dos mais bonitos projectos com que nos deparamos, Hodi Kibera, um sonho em forma de projecto que tem sobrevivido com ajudas de pessoas a título individual e com vendas de artesanato realizado no Quénia, em mercados em Portugal e com o enorme amor da voluntária que entregou a sua vida neste missão.

Tatuou nas suas mãos e no seu coração a paixão e a dedicação pela maior favela do mundo. A Rita é enorme, as suas mãos seguram surpreendentemente o mundo, um mundo que muitos se esquecem, com homens e mulheres como nós, com crianças como os nossos filhos. Esta Bracarense que tanto nos orgulha consegue mostrar através deste trabalho fabuloso que o mundo pode ser tão simples, que a vida tem cores lindas, com sabores únicos aqui e lá, e que o que nos une é um fio invisível chamado solidariedade.

hodi

 

Rita, a voluntária, vive a vida tal e qual como ela própria, como ela é, como só ela  pode ser.  A psicóloga que se tornou mãe, professora, amiga, companheira, protectora de tantos não dá lições, deixa legados e caminhos que quer traçar , lado a lado com todos eles, aqueles que já olham para a sua Rita com um amor incondicional. A Rita não ama, apenas acrescenta pozinhos mágicos .

Braga deu as mãos, o corpo e o coração e juntou-se à Rita, Braga tornando-se assim madrinha desta missão especial, sendo palco do I evento solidário  HODI KIBERA e que conta com a presença de todos já este Sábado no Parque de Exposicoes de Braga, pelas 14:30!

Com este evento este sonho vai poder seguir o caminho, confiante, e no final, mesmo a milhares de quilómetros vamos poder ver Kibera  brilhar.Vamos sentir e arregaçar as mangas como a Rita, não vamos ter medo, afinal de contas dar amor nunca é  desperdício e ser solidário não é vocação mas sim fé.

hodi kibera


Be first to comment