Que a memória nunca nos falte ….

É vital que saibamos o quanto uma grande história pode mudar a nossa vida, a nossa opinião. No momento certo, todos sabemos que a memória, pode mudar tudo, questionando o presente fazendo recuar no passado.

O Theatro Circo olha na direcção certa: Na das pessoas. Tem feito uma viagem pelos seus 100 anos e fala ao ouvido de cada bracarense com carinho e gratidão.

É incrível perceber que a palavra gratidão é tão grande, extravasa tudo, vive diariamente em cada passo dado no objectivo de agradecer o que foi, o que é e o que um dia continuará a ser! A memória não é mais do que uma identidade singular da inclinação, da empatia e da paixão por histórias que unem os mentores deste projecto, de pessoas que querem chegar ao mesmo destino. Porque há afinidades entre seres humanos e histórias que não se conseguem explicar. Ou esse íman misterioso existe, ou não existe. Não é possível forçar, tal como um cirurgião não pode obrigar o corpo de um paciente a aceitar o órgão do doador errado…

arquitectura theatro circoO Theatro Circo conseguiu mais uma vez doar o seu coração no segundo momento do Projeto Memória. Com a temática “O Theatro e a Arquitetura”, esta exposição dá a conhecer o espólio que o Theatro Circo, em parceria com a Biblioteca Pública de Braga, tem vindo a reunir e revelará o segundo momento do documentário “Histórias e Memórias” produzido por Vasco Mendes.

E podem acreditar: parte importante da sua história começou agora…

 


Be first to comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.