“Poemas para bocas pequenas”

Margarida Mestre é educadora, artista e mãe, por isso vê os mais pequenos com olhos sensíveis. Um dia decidiu que havia algo a fazer onde a poesia e a música se encontrassem e fossem realçadas, onde essa mistura única abrisse novas portas aos que queiram saborear cada palavra e som. Conseguiu…

António-Pedro está ao lado de Margarida neste projecto, é pai e sempre imaginou ler poemas de grandes autores ao seu filho. Sente que agora, ao faze-lo, está a alimentar não só o seu, mas todos os filhos de outros pais. Um espetáculo que tem vitaminas, daquelas tão importantes para o crescimento, das que alimentam o interior e que nunca, seja onde for são demais

Um espectáculo recheado de amor e dádiva, um presente que todos os pais querem dar aos seus filhos, uma sala pronta para os receber, a eles…que apesar de uma boca pequena tem uma curiosidade gigante.

Amanha, pelas 11horas não será a boca do Theatro que se vai abrir, mas sim os braços para receberem todos os pequenos que por lá passarem.

 

Share on Facebook13Tweet about this on TwitterShare on Google+0

Be first to comment