Música do mundo refresca Theatro Circo em Agosto

A terceira edição da Máquina de Gelados arranca já no dia 3 de Agosto e traz à sala principal do Theatro Circo novos e refrescantes sabores musicais para ajudar a suportar os dias mais quentes deste Verão. Na conferência de imprensa decorrida hoje, o director artístico Paulo Brandão e o representante do Hard Rock Café do Porto, Bruno Azevedo apresentaram os artistas que marcarão presença nas quatro actuações que compõe este ciclo.

De África ao médio-oriente, com passagem pelo calor latino e outros ritmos quentes, Máquina de Gelados apela ao consumo por impulso de quem se quer deixar surpreender com novos sabores num mundo cada vez mais global onde a música ajuda a diluir fronteiras. Depois do sucesso das duas primeiras edições, o Theatro volta à carga com uma selecção eclética, piscando o olho não só ao público local mas também aos muitos turistas que por estes dias procuram novas formas de entretenimento.

O Theatro Circo irá colocar em pré-venda 100 bilhetes para cada uma das noites a um preço reduzido de 8€, com a exceção do espetáculo de Bonga (10€), campanha válida até ao fim do mês de junho.

BAD GYAL + NATHY PELUSO 3 DE AGOSTO – 12€

A reinterpretação da “Work” de Rihanna tornou Bad Gyal num sucesso viral em Espanha. Desde esse ano que a artista tem produzido temas orelhudos que têm inflamado a cena noturna hispânica como os temas Fiebre com mais de 7 milhões de visualizações e Jacaranda com mais de 5 milhões. Tem se apresentado um pouco por toda a Europa e Estados Unidos. Apresentou-se pela primeira vez em Portugal na edição de 2018 do NOS Primavera Sound. É descrita como “no-fucks-given attitude wrapped in silky Auto-Tune”, “Spanish dancehall queen” ou “rising star of the Spanish rap scene” pelos media Pitchfork, iD e The Line Of Best Fit. “A música de Nathy Peluso vem de outro espaço temporal” diz o La Vanguardia. Nascida na Argentina e a viver agora em Madrid, a artista funde o jazz com o hip hop, o rap e o jazzy cream. “Esmeralda” é o seu primeiro trabalho de originais que mostra a música de dança abstrata, especialmente tratada com samples mágicos. Convidada para os festivais Lolapalooza (argentina) e para o Eurosonic na Holanda, é certamente uma das vozes hispânicas mais promissoras da atualidade.

 

BONGA 10 DE AGOSTO – 15€

Bonga é um dos grandes nomes da história da música africana. Verdadeiro Ícone da música angolana, é detentor de uma discografia reconhecida mundialmente e considerado por muitos como o rei do semba. No seu currículo constam dezenas de discos, vários prémios e distinções (como do governo francês) e inúmeros concertos em prestigiados palcos internacionais. No seu novo álbum, Recados de Fora, Bonga – que acabou de celebrar o seu 75º aniversário -, leva-nos num percurso fascinante pelas várias épocas e continentes, tendo sempre o Oceano Atlântico como elo de ligação. Neste concerto, o angolano apresentará também alguns dos clássicos que marcaram a sua carreira ao longo das últimas décadas.

 

AHMED FAKROUN + ALTIN GÜN 17 DE AGOSTO – 12€

Ahmed Fakroun é um compositor, multi-instrumentista e cantor rai (baseado no folk argelino dos anos 20) que após viver em Inglaterra nos anos 70 e passado um período largo em Paris, viveu um período de fama ao ser influenciado pelos estilos Europop e Art Rock na sua primeira edição de 1983 “Mots d’Amour” e que lhe valeram a comparação aos Talking Heads. Talvez a sua faixa mais famosa “Soleil Soleil” atingiu fama graças também ao vídeo produzido por Jean-Baptiste Mondino, que mais tarde trabalharia com nomes como Bjork, David Bowie e Prince. Em 2017, após um hiato desde 1986 sem pisar o palco, Ahmed Fakroun foi convidado pelo icónico festival Le Guess Who? na Holanda para se apresentar novamente ao público. O Theatro Circo é o próximo grande palco. Os anos podem ter passado, mas a energia vibrante da sua música ainda vive. Os Altın Gün são um caso de sucesso e prova disso é o espetáculo que deram no Festival Le Guess Who? de 2017. Considerados pela crítica internacional como uma das maiores surpresas da música europeia, rapidamente foram convidados para os maiores festivais e salas do velho continente e o Theatro Circo não quer perder a oportunidade. O conhecido músico Jacco Gardner enamorou-se pela música turca dos anos 70 e juntamente com Jasper Verhulst, formaram um dos projetos mais intensos ao vivo de que temos memória. Certamente um espetáculo que irá ficar na retina de todos os presentes!

SEUN KUTI & EGYPT 80 24 DE AGOSTO – 12€

Seun Anikulapo Kuti é o filho mais novo do lendário artista nigeriano Fela Kuti. Desde os 9 anos de idade que se juntou aos lendários Egypt 70 e aos 14 anos de idade (quando Fela Kuti morreu) tornou-se no frontman do conjunto. Serão 18 músicos em palco – mais de ¾ do conjunto é formado por artistas que tocavam com Fela Kuti e que muitas vezes foram presos por estar no movimento de Fela. Virá cá apresentar o novo álbum que conta com Carlos Santana no single de lançamento “Black Times”. A atmosfera que criam ao vivo não deixam ninguém indiferente – o Theatro Circo vestirá por uma noite a pele da lendária Afrika Shrine que Fela fundou em 1970. Seun Kuti & Egypt 80: Theory Of Goat & Yam O.

 

Máquina de Gelados conta com o patrocínio do Hard Rock Café Porto.Os bilhetes para os espetáculos têm um valor 12€ (6€ cartão Quadrilátero) à exceção de Bonga, com o valor de 15€ (7,5€ cartão Quadrilátero)

 

com Nuno Abreu/Theatro Circo

Be first to comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.