Matmos: exploração dos sentidos no GNRation

Imprevisíveis e originais. Estes são os Matmos. Apesar de se enquadrarem formalmente no estilo definido como “música electrónica”, o duo norte-americano usa apenas as ferramentas digitais como meros utensílios descartáveis para as suas composições. Parecem mais interessados nos sons naturais, aqueles que o nosso corpo ou a natureza nos oferece.

Para o último álbum, The Marriage of True Minds, a banda decidiu fazer uma experiência. Vendaram pessoas e sujeitaram-nas a fortes sons e luzes. A partir das emoções que foram transmitidas, nasceu, por exemplo, a música Very Large Green Triangles.

Como definição, um músico é um “indivíduo que sabe tocar um instrumento musical”. Isto parece não se aplicar aos Matmos.  Juntos há 20 anos, o casal Drew Daniel e Martin Schmidt confessa que não sabe tocar instrumentos e por isso recorrem a sons como o virar das páginas de uma Bíblia, do sangue a correr nas artérias ou até mesmo água a cair.

A falta de técnica musical assumida não afastou os Matmos do reconhecimento mundial. Colaboraram com Bjork nos álbuns Vespertine e Medúlla e correram o mundo em tournée com a cantora islandesa.

Depois de algum tempo sem produzir música, Drew e Martin chegam ao GNRation no dia 27 de Junho para um concerto às 22h30 que promete ser inesquecível. Para além disto, a banda vai também dar oportunidade aos seus fãs de privarem com eles num workshop (dia 28 às 14h) onde vão falar sobre o seu processo criativo. Desafiam ainda todos os interessados a levarem a sua própria música para que o duo a possa ouvir e comentar.

Preços: Concerto + Workshop:15€ |Concerto:9€

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0

Be first to comment