Há uma mão que aplaude e outra que ajuda

Quando a arte presta os seus serviços a quem mais precisa, resta-nos aplaudir e dar também o nosso contributo neste esforço colectivo de trazer um pouco mais de luz a estes dias mais sombrios.

A louvável iniciativa que o Theatro Circo tem preparada para sexta às 21h30 é uma excelente oportunidade para celebrar, ajudando. O 102º aniversário da sala mais bonita do país brindará o público com a  peça “Antes Que Matem os Elefantes” cuja metade da receita de bilheteira reverte a favor da Unicef, mais concretamente ao programa desenvolvido em prol das crianças da Síria.

O aniversário solidário contempla ainda a recolha de bens para as famílias de refugiados sírios em Braga: bens alimentares não perecíveis, artigos de higiene e puericultura, vestuário (bebé, criança, jovem e adulto) e brinquedos (bebé e outras faixas etárias) que podem ser entregues na bilheteira do Theatro Circo até dia 30 de Abril.

A guerra na Síria, o sofrimento, a morte e a sobrevivência são os temas centrais da peça de dança de Olga Roriz, cujo objectivo passa por alertar consciências e despoletar uma reflexão coletiva sobre este conflito e as suas consequências.  Numa performance em forma de alerta, “Antes que matem os Elefantes” é uma dança contra o esquecimento e a indiferença, um grito lancinante que é urgente escutar.

 

Share on Facebook49Tweet about this on TwitterShare on Google+0

Be first to comment