Florbela Espanca pelas mãos do TIN.BRA

Florbela Espanca, batizada Flor Bela Lobo, é desde sempre considerada como uma das primeiras feministas de Portugal. Deu-nos os prazer de ler poesia carregada de erotismo e feminilidade, que alguns críticos encaram como um dom-juanismo no feminino. A sua inspiração veio de uma vida atribulada, sofrida, lacerante de sentimentos muito íntimos. Embrulhada na solidão, Florbela viveu um conflito interno entre a sua ternura e o seu medo, sentimentos escuros que para nossa sorte se transformaram em obras-primas da literatura portuguesa.

Em Braga, Florbela Espanca será relembrada através de Vânia Silva e Patricia Oliveira do Tin.Bra ,”Loucura entre almas” é uma performance baseada em poemas da escritora portuguesa que busca mostrar a luta e a contradição de um poeta com a sua loucura, a doce valsa das mentes perdidas. O espectáculo ocorre nesta quinta-feira às 21horas na TOCA – Trabalho de uma Oficina Cultural e Associativa

TIMBRA 1
Share on Facebook53Tweet about this on TwitterShare on Google+0

Be first to comment