Fé e esperança unem fotógrafos nos Encontros de Imagem 2014

Dizia Tolstoi que “A fé é a força da vida. Se o homem vive é porque acredita em alguma coisa”. A fé é energia e mistério, força infinita capaz de enfrentar tudo e todos. Mas nunca tanto como hoje ela foi posta à prova. Estes são tempos duros para a fé e esperança, alvejadas em todas as frentes, testadas ao limite da sua resistência num mundo que não dá tréguas.

É com este tema tão duro como universal que os Encontros de Imagem 2014 chamaram a si o melhor da fotografia contemporal no sentido de dar a conhecer uma visão multi-facetada das inúmeras demonstrações simbólicas, culturais e religiosas que a fé assume perante a vida.

É já na próxima 5ª feira, dia 18 de Setembro que arranca a 24ª edição dos Encontros de Imagem. O festival Internacional de Fotografia não se esgota nas exposições: haverá também actividades como a leitura crítica de portfólios, a exibição de filmes, workshops de fotografia, música, entre outros, inicia com a «Holy Week», de 17 a 20 de Setembro.

ricardo rio

Ricardo Rio, Presidente da Câmara Municipal de Braga, referiu que sempre teve um especial apreço por este festival. “Acho que os Encontros da Imagem são uma forma muito distintiva de fazer invadir a cultura pelos diferentes espaços da nossa Cidade, de trazer artistas das mais diversas proveniências para exibirem os seus trabalhos e fomentarem, de forma muito particular, a criatividade e a capacidade de cada um, promovendo e estimulando o talento dos próprios Bracarenses”, referiu.

angelaÂngela Ferreira, directora dos Encontros da Imagem, sublinha que a XXIV edição do festival de fotografia Bracarense, distingue-se pela espiritualidade do seu tema: Fé́ e Esperança. “«Hope & Faith» lança pistas sobre algumas das problemáticas mais pertinentes ligadas à Fé́ num tempo excessivamente conturbado, permitindo antever a dimensão estrutural de um mundo novo em construção”.

Construída sob um conjunto de representações que envolvem o aspecto simbólico, cultural e religioso das identidades contemporâneas, a XXIV edição dos Encontros da Imagem, apresenta um conjunto de actividades que promovem a fotografia contemporânea, através de um núcleo expositivo, que nesta edição se reforça nas cidades de Lisboa, Porto e Guimarães.

Em Braga, os Encontros da Imagem passam por 20 espaços distintos: a Igreja de Santa Cruz, a Casa dos Coimbras, Arquivo de Janes, Museu da Imagem, Salão Medieval da Universidade do Minho, Igreja de Nossa Senhora da Torre, Museu Pio XII, Casa dos Crivos, Museu Nogueira da Silva, TOCA, Centro de Exposições Cónego Cândido Pedrosa (Bom Jesus), Mosteiro de Tibães, Juno Café e finalmente pelo Theatro Circo. Por estes espaços, cerca de 200 autores, dos quatro cantos do globo, exibem a sua arte, de forma gratuita, a todos os visitantes.

 

hope and faith 2A centenária sala de espectáculos de Braga acolhe, no dia 20 de Setembro, pelas 21h30, a «Gala Emergentes DST». Organizada pelos Encontros da Imagem, o Grande Prémio de Fotografia Emergentes DST é uma iniciativa da empresa Domingos da Silva Teixeira, S.A e contempla a atribuição de um prémio de 7500€ ao melhor portfólio de Fotografia Contemporânea de 2014. Além do valor em dinheiro, o prémio é atribuído através da Leitura Crítica de Portefólios, que oferece aos fotógrafos a oportunidade de apresentarem o seu trabalho a comissários, galeristas e editores especializados, constituindo um meio preferencial de promoção da sua obra.

Em 2014 foram 80 os concorrentes ao Grande Prémio de Fotografia Emergentes DST, oriundos de diversos países. A abrilhantar a V Gala Emergentes DST vai estar Scott Matthew, artista pop de origem australiana.

O programa completo dos Encontros da Imagem 2014 a decorrer entre dia 18 de Setembro a 31 de Outubro, para as cidades de Braga, Porto, Guimarães em Lisboa está disponível nos locais assinalados e ainda no site Encontros da Imagem.

 

 


1 Comment

Leave a Reply