eu queria um ja(z)zinho que fosse aquijá(zz)

O jazz é uma música riquíssima, com belas melodias e com uma harmonia atraente. As subtilezas do Jazz são inúmeras e há uma exuberância enorme, no aspecto rítmico, com construções inteligentes e surpreendentes. E ainda, o jazz permite a liberdade dos ouvintes, o que proporciona ao executante um espaço de criatividade e de toque pessoal, conferidos ao seu talento.

A velhinha Velha -a -branca decide assim presentear todos os bracarenses, e na primeira sexta de Agosto dia 1 pelas 22h30 ouve-se jazz através das colunas velhinhas. A velha despede-se da semana com boa música, braços apoiados na janela, ventoinha a debitar uns braçados de vento e companhia condizente.

Share on Facebook4Tweet about this on TwitterShare on Google+0

Be first to comment