“Elephant” encerra ciclo de cinema dst

O filme “Elephant” do realizador Gus Van Sant encerra no próximo dia 10 de Outubro pelas 21H30 o ciclo de cinema promovido no âmbito do Festival Internacional dos Encontros de Imagem.

Inspirado no massacre ocorrido no liceu de Columbine em 1999, a obra do realizador americano foi galardoada com o prémio de Melhor Realizador e foi vencedora da Palma de Ouro no Festival de Cannes.

A narrativa visual de “Elephant” é um exercício estético que foge ao padrão cinematográfico mais convencional. Aqui o espectador é conduzido pelas rotinas diárias de várias personagens que se cruzam no micro-cosmos do estabelecimento de ensino que mais tarde se converte em palco duma chacina que ficaria na história dos EUA e levantaria mais uma vez a discussão sobre a venda livre de armas neste país. Neste filme, os actores são os próprios alunos do colégio onde a tragédia ocorreu, seleccionados após um casting realizado pela equipa de produção. Gus Van Sant é provavelmente o realizador mais admirado quando se trata de abordar o universo juvenil com todas as suas complexidades e contradições e “Elephant” não é excepção. Grande parte do seu sucesso nasce do “trabalho de casa” que Van Sant fez com os alunos que ouviu antes de escrever o guião. A utilização de actores amadores e a escolha de ângulos não-convencionais numa proximidade constante e exploratória do universo onde decorre a acção confere um realismo quase documental à obra, conseguindo mesmo com uma narrativa lenta (que parece esticar os 80 minutos da película) prender o espectador numa tensão constante que sabemos terminará em tragédia e horror.

Share on Facebook3Tweet about this on TwitterShare on Google+0

Be first to comment