Demdike Stare – a incandescência sombria na 2ª noite do SEMIBREVE

No segundo dia do Festival SEMIBREVE, os Demdike Stare foram a principal atracção, conseguindo a maior audiência até ao momento na sala principal do Theatro Circo. A dupla britânica brindou a plateia com cerca de uma hora de electrónica sombria cujas camadas e texturas foram sendo reveladas em doses lentas mas aditivas. Visualmente, a experiência está em perfeita sintonia com a sonoridade, ora em ondulações sensuais de figuras femininas, ora em strobes alucinantes que anunciam a aproximação dum ritmo mais dançante.

Miles Whittaker tem um passado ligado ao techno. Sean Canty, por seu lado, revela influências mais psicadélicas e experimentais, onde até bandas sonoras de filmes de terror estão incluídas. Desta fusão inesperada nascem os Demdike Stare, um projecto sólido com uma discografia em constante evolução, prova que a auto-reinvenção e anti-conformismo da dupla se transformou não só numa característica distintiva, mas seguramente também na fórmula do seu sucesso.

Pelo Theatro passaram ainda Patten e Thomas Ankersmit, enquanto que no GNRation a noite fechou com grande enchente na Black Box para ouvir Sensate Focus e IVVVO, um talento nacional da electrónica. As instalações no GNRation complementaram os atractivos da noite, com mais de 300 pessoas a marcar presença.
GNRation


Be first to comment