2 Metros Quadrados: A pobreza envergonhada em exibição na TOCA

Aqui não há coitadinhos, drogados nem preguiçosos. 2 metros quadrados é um documentário sobre gente digna. Gente a quem a má sorte roubou uma casa, gente parida pela crise, gente que é apenas um dos muitos danos colaterais duma economia acéfala e a quem ninguém está imune. A grande lição de 2 metros quadrados é mesmo essa: qualquer um de nós pode ir parar à rua.

Produzido por Ana Luís Oliveira e Rui Oliveira o documentário é uma viagem a uma realidade que está à vista de todos, mas que a maioria prefere evitar olhar. Numa abordagem crua e sem dramatizações (a realidade já o é) visitamos o quotidiano de quem vive nas ruas ou no limiar duma pobreza envergonhada. Aqui são também intervenientes elementos da segurança social e polícias que nas suas rondas nocturnas acabam por desenvolver laços de afecto com aqueles que auxiliam.

dois metros quadrados

O documentário “2 metros quadrados” dá voz aos que vivem à margem da sociedade, aos que criticam os apoios do Estado, que mostram como (não) funciona a rede integração, que falam sobre as respostas sociais, muitas vezes, ineficazes, e que estão a conservar as pessoas na rua.
O filme vai ser exibido a 15 de Janeiro, em Braga, na TOCA – Trabalho de uma Oficina Cultural e Associativa, onde haverão duas sessões: uma às 15:30 para Associações, escolas e agentes sociais e uma outra sessão às 21h30 para o público geral. A entrada é livre.

No final do documentário haverá espaço para um debate com a presença dos realizadores do filme e com o Daniel Horta Nova, ex-sem-abrigo (já aqui entrevistado pela Badio Magazine) que saiu das ruas depois de escrever o livro “Farrapos da Alma”.

Share on Facebook31Tweet about this on TwitterShare on Google+0

Be first to comment